Aos meu queridos leitores.

Aos meus queridos leitores,



Agradeço á todos pelo carinho, pelas palavras de incentivo, as críticas construtivas que me ajudam muito, muito mesmo.


espero que todos continuem visitando o Palhaço sem Cores, e que algo de belo, de intenso possa ser transmitido a todos vocês, seguidores e não seguidores.
Cheiros nos Corações!


sábado, 20 de março de 2010

Batuque



No meio de um centro estende-se a fé de pessoas
que bailam em sincrônia, buscam no limite de
seu corpo a meditação, para tornar de suas almas
um plano segundo.  E nesse corpo em terra, dá lugar
a outro espirito invocado por preces, saculejar de maracás,
cânticos ao toque de tambores.
Suas ervas ganhão vida ao chão e fazem lembrar o caminho
de mata virgem, pelo qual muitos deles caminharam em sua vidas terrenas.
Frutas aos pés de bonecos elegantementes vestidos que rêlusem
vida sobre um gesso em faces. Luzes por todos os lados
com seus panos brancos, tão brancos que faz lembra nossas idéias
de paraíso( que ninguem ao certo sabe se existe ou não!!!)
eles bailam...
usam (as moças) o charme de suas filhas de almas, e bailam
parecendo flutuar sobre o chão, espalhando os mais puros perfumes,
e os moços bem trajados buscam em seu  próprio universo o ser másculo
arrojo, força e vigor...
O silêncio...      se torna inesistente... ao toque de tambôres
eles bailam...
a platéia aplaudi delirante, refletindo seus mesmo
cânticos, gritos em linguagens desconhecidas. Uma taça, uma fonte de cristal
pirâmides, amuletos, guias e brajás, cenzalas e quelês...
lá fora a chuva vai se abrindo,
e dentro dessa rodas, como uma energia vital que nossos olhos
não nos permite enchergar vai descendo sobre aquelas entidades
de força vinda da natureza.
Eles bailam...



-Shirlena ferreira

Um comentário:

Michelly Aparecida disse...

amiga vc está d parabéns esse seu blog é um sucesso ...