Aos meu queridos leitores.

Aos meus queridos leitores,



Agradeço á todos pelo carinho, pelas palavras de incentivo, as críticas construtivas que me ajudam muito, muito mesmo.


espero que todos continuem visitando o Palhaço sem Cores, e que algo de belo, de intenso possa ser transmitido a todos vocês, seguidores e não seguidores.
Cheiros nos Corações!


quarta-feira, 16 de março de 2011

Tardinha




E aquele som ressoava no meio dos galhos...
À tarde caindo,
Os prédios crescendo sobre o raio de sol que a li iam se pondo
Levando as nuvens em uma imensidão sem nome
Grande... Esvaindo-se ao desenhar do amarelo céu.
E o beija-flor a chamar-te chuva,
E o sol a beijar-te dia.
Dei-me tuas azas, dei-me teu azul.
Dei-me o ser pleno a voar sobre ao cair da tarde
Livre... Livre... Livre...
E voastes longe... Brilhando laranjado
Sumindo entre a luz...
Partindo...



-Shirlena ferreira

 (Foto: Fábio Barros)

Um comentário:

Giselle disse...

aaaaah lindo como sempre! estava com saudades das tuas palavras, de tuas poesias ! *----*